voltei a blogar!

bom, antes de falar sobre o desconsumida, só queria deixar bem claro que não sou contra o consumo em si. não conheço ninguém que não sinta prazer em comprar alguma coisa numa voltinha na rua, em chegar em casa com uma surpresinha. comprar (quando a gente pode) é gostoso, sim!

faz alguns anos que me interesso pelo tema do consumo. sou formada em design de produto (pois é…) e já na graduação achava estranho aquele papo de “criar novas necessidades”. comecei a questionar muita coisa, tive várias crises e quase desisti de me formar, mas como eu já tinha largado um curso (ciências biológicas) antes, resolvi insistir.

no comecinho de 2008, conheci o story of stuff e fiquei fascinada: era como se alguém tivesse organizado tudo que eu sentia ou percebia, mas não conseguia expressar objetivamente. a partir de então, comecei a prestar mais atenção em notícias sobre condições de produção ou consequências do uso de algum produto e passei a evitar ou eliminar vários itens da minha vida: os “made in china“, os produzidos por grandes multinacionais, os transgênicos, os que contenham ingredientes de origem animal…

mas resolvi criar o desconsumida depois de conhecer o um ano sem lixo, da cristal muniz. quando vi os relatos dela sobre esse desejo de produzir menos lixo, mostrando que tudo é uma questão de mudar os nossos hábitos, fiquei inspirada em reunir o que venho pesquisando sobre o consumo em geral e mostrar tudo pra mais gente.

o objetivo é que esse blog funcione como um local para registrar informações sobre o assunto e mostrar que é, sim, possível optar por um caminho com escolhas mais éticas, responsáveis, conscientes e sustentáveis no que diz respeito ao que consumimos.

espero, assim, poder ajudar cada vez mais gente a desconsumir :)